Untitled Document
 
 
 

DICAS DE SEGURANÇA


Para nós, da Auxiliar , a segurança está sempre em primeiro lugar. Por isso, elaboramos um guia básico para ajudar você a se prevenir e a agir nas mais diversas situações. São medidas simples, mas muito úteis no dia a dia.

NAS RUAS

A principal medida de segurança ao circular pelas ruas é não chamar a atenção dos marginais. Mas outros cuidados também são fundamentais para minimizar riscos.

Andando a pé:

  • Evite ostentar objetos de valor, como relógios, pulseiras, colares e joias.
  • Nunca leve grandes quantias de dinheiro ou cartões de crédito, a não ser quando absolutamente necessário.
  • Não abra a carteira ou a bolsa na frente de estranhos: separe pequenas quantias para pagar despesas menores (passagem, café, cigarros, etc).
  • Evite passar em ruas ou praças mal iluminadas.
  • Se estiver sozinho, procure caminhar pelo centro da calçada e na direção contrária ao trânsito: é mais fácil perceber a aproximação de um veículo suspeito.
  • Se desconfiar que está sendo seguido, entre em algum estabelecimento comercial ou atravesse a rua.    
  • Ao sair sozinho, procure ficar no centro da calçada e na direção contrária ao trânsito: é mais fácil perceber a aproximação de um veículo suspeito.

Circulando de carro:

  • Não pare para discutir pequenas batidas, principalmente à noite. Bandidos usam esse artifício como um pretexto para assaltar.
  • Ao parar sozinho em cruzamentos desertos, principalmente à noite, deixe o carro em primeira marcha. Se sentir a aproximação de suspeitos, não hesite: se não vierem carros no outro sentido, avance o sinal e saia.
  • Se possível, mantenha os vidros do carro fechados e as portas travadas por dentro. Tenha cuidado ao parar nos sinais de trânsito.
  • Procure não abrir os vidros de seu carro para vendedores ambulantes. Muitas vezes são assaltantes disfarçados.

Chegando em casa: 

  • Lembre-se: bandidos gostam de agir de surpresa quando as vítimas estão chegando em casa. 
  • Ao se aproximar de casa, se notar algum sinal estranho como porta aberta ou luzes acesas, não entre. Chame a polícia.
  • Sempre comunique a presença de elementos suspeitos nas proximidades de sua casa.

NAS COMPRAS

Lojas de rua, shopping e feirinhas são lugares de grande fluxo de pessoas. E, por isso, também palco para a ação de marginais. Previna-se:

  • Procure não ir às compras sozinho. Andar acompanhado é mais seguro.
  • Nunca deixe sua bolsa ou compras sozinhas.
  • Em vez de carregar dinheiro em espécie, dê preferência a pagar suas contas com cartão ou cheque.
  • Evite lojas muito cheias. Faça suas compras em horários de menor movimento.
  • Não seja alvo fácil: evite carregar muitos pacotes para não ocupar as duas mãos.
  • No caso de furto ou qualquer ocorrência policial, não perca tempo: comunique imediatamente à Delegacia de Polícia mais próxima.

NOS BANCOS

Caixas eletrônicos e saída de bancos são locais visados por ladrões, pois a tendência é que as vítimas estejam carregando dinheiro. Fique atento:

Nos caixas eletrônicos:

  • Nunca aceite ajuda nem forneça sua senha a estranhos.
  • Evite conversar com pessoas desconhecidas.
  • Proteja bem o dinheiro ou os cheques na hora que for ao banco fazer depósitos.

Ao sair do banco:

  • Olhe bem ao seu redor para ter certeza de que não está sendo seguido ("golpe da saidinha do banco”).
  • Se ao chegar em seu carro o pneu estiver vazio, volte ao banco e confie seu dinheiro à guarda do gerente. Só então providencie a troca pelo estepe. Isso evita a ação dos ladrões enquanto você troca o pneu ("golpe da furadinha").

NAS PRAIAS

Outro cenário perfeito para a ação de ladrões: grande circulação de pessoas, muitos elementos de distração e fuga fácil. Todo cuidado é pouco:

  • Nunca leve objetos de valor para a praia.
  • Atenção com vendedores ambulantes: alguns vão à praia somente para praticar pequenos furtos.
  • Nunca deixe seus pertences sozinhos: peça a alguém de confiança para olhar enquanto você vai tomar banho de mar.
  • Não aceite bebida de estranhos: pode estar adulterada com algum tipo de narcótico.
  • Evite tomar banho de mar em locais que você não conhece.

NAS BALADAS

Lugares com grande aglomeração de pessoas, você já sabe: atraem e facilitam o trabalho de marginais. Não custa nada se precaver:

  • Evite ir e voltar das baladas sozinho: criminosos ou mesmo pessoas que querem apenas arrumar confusão se inibem na presença de um grupo grande de pessoas.
  • Não circule com grande volume de dinheiro e evite parar à noite em caixas eletrônicos para fazer saques. Prefira sempre pagar com cartões ou cheques.
  • Para mulheres, em situações menos formais, recomenda-se o uso de bijuterias em vez de joias, para não atrair a atenção de ladrões.
  • Cuidado ao deixar bolsas, celulares ou carteiras com documentos nas mesas ou cadeiras.
  • Se você estiver de carro (se beber, não dirija), ao se aproximar de um cruzamento ou semáforo, reduza aos poucos para não precisar parar o carro completamente; se for necessário parar, fique sempre com a primeira marcha engatada e preste atenção à sua volta.
  • Não aceite bebida de estranhos: pode estar adulterada com algum tipo de narcótico.
  • Cuidado com golpes do tipo "boa noite cinderela". Jamais abandone seu copo. Se numa distração isso acontecer, não se arrisque: peça outra bebida. Lembre-se que mesmo pessoas conhecidas podem aplicar este tipo de golpe e homens também podem ser vítimas.
  • Confira bem a sua despesa: garçons desonestos existem em todos os lugares.
  • Nunca banque o valentão ou se sinta senhor da situação. Nunca se sabe com quem estamos lidando. Em caso de ameaça, afaste-se ou chame um segurança.
  • Em locais fechados, observe se há portas de emergência bem sinalizadas e escolha uma posição de fácil saída. Converse com sua companhia e combine como e por onde sair do local em caso de brigas ou incêndio.